Você está aqui: DDuwe Contabilidade » Notícias

21 de janeiro de 2020 Nacional

Contadores do Grupo GBrasil são eleitos conselheiros em CRCs de três estados

Eleição mobilizou mais de 288 mil contabilistas de todo o País e 27 Conselhos Regionais

Mais de 288 mil contabilistas em todo o País foram às urnas nos dias 19 e 20 de novembro para participar das eleições convocadas pelo Conselho Federal de Contabilidade com o propósito de renovar um terço do plenário dos 27 Conselhos Regionais (CRCs). Neste processo, entre as 44 chapas registradas, foram eleitos como conselheiros três contadores do GBrasil, nos estados de Rondônia, Minas Gerais e Sergipe. Hoje, o Grupo já conta com outros dois representantes – um no Rio de Janeiro (Manuel Domingues e Pinho, da DPC) e um no Acre (Jorge Luiz Castro de Lima, da Organização Contábil Prado). Veja agora quem foram os escolhidos neste pleito e que irão defender os interesses da classe a partir de 2020, um motivo de orgulho para todos do GBrasil.

ELBA ARAÚJO, da D.Duwe Contabilidade (GBrasil | Porto Velho-RO)

elba-araujo-ok

Conselheira desde 2012, foi eleita agora para o seu terceiro mandato no CRC/Rondônia, onde existem hoje registrados 4.399 profissionais ativos. Na gestão atual, é vice-presidente da Câmara de Controle Interno, que tem por finalidade auxiliar no planejamento, controle e avaliação da execução orçamentária e financeira do Conselho. Elba é bacharel em Ciências Contábeis pela faculdade Unipec/RO (2004) e iniciou na D.Duwe Contabilidade em 1987, passando por todos os setores na empresa. Em 1994, passou a compor a diretoria da empresa. O principal desafio nessa missão de conselheira, segundo Elba, é aperfeiçoar a comunicação do CRC/RO com os profissionais habilitados, que aspiram, sobretudo, o amparo da autarquia em diferentes áreas, em particular no aprimoramento técnico e na educação continuada.

“Com o advento de uma nova gestão, os desafios são muitos, especialmente com a probabilidade de mudar de Vice-Presidência, o que me fará iniciar um novo caminho. Sinto-me honrada com a confiança dos profissionais da contabilidade em acreditar que posso dar continuidade na representatividade da classe, dando prosseguimento ao trabalho que sempre busquei desempenhar com a maior eficiência e eficácia dentro do anseio daqueles que representamos”.

RAFAEL SOUZA NASCIMENTO, da Sercon Serviços Contábeis (GBrasil | Aracaju-SE)

rafael-nascimento-ok

Primeira vez que integra o CRC/SE, onde existem 3.590 profissionais de contabilidade registrados, e ocupará o cargo de conselheiro suplente. Tem 25 anos de idade e está entre os mais jovens conselheiros eleitos. É formado em Ciências Contábeis pela Universidade Federal de Sergipe, pós-graduando em Auditoria Digital e Direito Tributário pela BSSP e mestrando em Contabilidade pela FUCAPE. Faz parte da equipe Sercon há 7 anos, tendo iniciado no setor administrativo/financeiro e, posteriormente, atuado como supervisor do setor de tecnologia da informação. Ocupa hoje a função de coordenador de serviços, auxiliando na tomada de decisão das ferramentas e processos a serem adotados na empresa contábil.

“Estou ansioso para começar a participar de forma mais ativa no conselho e poder auxiliar na valorização desta profissão. É incrível; sinto a responsabilidade de dar o meu melhor e contribuir com ideias que tragam novos significados a nossa profissão. Estamos passando por um momento de transformação; precisamos nos mexer, mas sem perder a essência. Nosso maior desafio é a representação, pois há milhares de profissionais contábeis com diferentes ‘dores’ e anseios. Nossa principal missão é fomentar a união e a valorização dos profissionais contábeis”.


CÉLIO FARIA DE PAULA, da Tecol Consultoria Empresarial (GBrasil | Juiz de Fora-MG)

celio-faria-de-paula-ok

Apesar da larga dedicação à classe contábil em Minas Gerais, onde já ocupou cargos diretivos em entidades como Sindicato dos Contabilistas de Juiz de Fora, Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis (Sescon) e Clube dos Contabilistas de Juiz de Fora e Região, esta é a primeira vez que Célio Faria de Paula integra o plenário do Conselho Regional de Contabilidade. Ele graduou-se em Ciências Contábeis pela Faculdade Machado Sobrinho, em 1977, mesmo ano em que fundou a Tecol Consultoria Empresarial, hoje uma referência na Zona da Mata mineira. Ocupar a entidade máxima de sua categoria, segundo ele, é o desejo de todo o profissional, e sua missão é representar as demandas e anseios de 53 mil colegas ativos em MG, buscando ações que valorizem a atividade contábil. Apesar de se tratar de um órgão de fiscalização profissional, com ações muito focadas e restritas, Célio acredita que é possível ir além, pois os desafios dos conselhos são muitos.

“É possível criar mudanças de paradigmas para que o profissional da contabilidade possa ter uma visão do futuro, principalmente diante das inovações tecnológicas. É preciso implantar e possibilitar o acesso à educação continuada para que estes profissionais possam manter os seus postos de trabalho e não serem substituídos por máquinas sofisticadas, como os próprios robôs, uma incontestável realidade”.