Você está aqui: DDuwe Contabilidade » Notícias

18 de outubro de 2017 Nacional

Responsabilidades do empresário são discutidas no 3º Fórum Empresarial Sescap Bahia

Postado em 17/10/2017 – Fonte: Ascom – SESCAP BAHIA – Por: Michele Coutinho

Evento, com a presença do presidente da Fenacon, reuniu empresários de diversos segmentos

O 3º Fórum Empresarial SESCAP BAHIA reuniu na quarta-feira (11) centenas de empresários dos segmentos contábil, administrativo, de assessoramento, perícias, informações e pesquisas no auditório da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (FIEB), no bairro Stiep, em Salvador. A abertura do encontro contou com a presença de autoridades e representantes de entidades de classe. Na ocasião, foram discutidos assuntos atuais e relevantes, como os impactos da Reforma Trabalhista para as empresas e a respeito das responsabilidades civil e tributária do empresário.

Na abertura, o presidente do SESCAP BAHIA, Altino Alves, agradeceu o apoio de todos. “Tudo foi planejado de forma a oferecer um espaço para o debate de informações pertinentes para os empresários”, afirmou ao citar a frase do escritor Rubem Alves: “Não havíamos marcado hora, não havíamos marcado lugar. E, na infinita possibilidade de lugares, na infinita possibilidade de tempos, nossos tempos e nossos lugares coincidiram”, citou Altino.

O superintendente da Receita Federal, Francisco Lessa, ressaltou o apoio à iniciativa porque esta converge com os esforços do órgão em disseminar o conhecimento. “O objetivo comum é facilitar o cumprimento das obrigações tributárias e isso perpassa pela discussão e debate do assunto”, observou.

Já o secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa, aproveitou para destacar as ações que a pasta tem realizado a fim de combater a impunidade e os crimes de ‘colarinho branco’. “A SSP está implementando novas técnicas de investigação na área tributária e fiscal para fortalecer o combate à corrupção e a lavagem de dinheiro”, salientou.

Para o presidente da Fenacon, Mário Berti, o país vive um momento de crise política, econômica, moral e ética e é preciso enfrentar esses problemas. “Fugir ou se omitir não é a solução. É necessário encarar a situação e cada um fazer a sua parte. Tem jeito. Pode demorar um pouco, mas vai acontecer”, concluiu.

O vice-presidente da FIEB, Josair Santos Bastos; o presidente do CRCBA, Antônio Nogueira; o presidente do Sindiconta-Ba, Marco Moura; o superintendente da FECOMÉRCIO, Paulo Studart; e o diretor financeiro administrativo do SEBRAE, José Cabral Ferreira também fizeram parte da mesa.

Palestras

Os painéis foram apresentados por profissionais renomados e com larga experiência em suas áreas de atuação. O advogado Gustavo Mazzei e o juiz do Trabalho Danilo Gaspar discorreram sobre os impactos da Reforma Trabalhista para as empresas. “Diante das incertezas com a reforma, trouxemos a discussão da posição do judiciário quanto à aplicação das novas regras e contra a constitucionalidade de alguns artigos da proposta, bem como a proteção aos direitos adquiridos antes da mudança”, destacou o advogado André Pessoa, mediador do debate.

As responsabilidades civil e tributária do empresário também foram discutidas. “Ressaltamos que empreender traz riscos. Que o Código do Consumidor e as leis trabalhistas estão aí e para minimizar esses riscos é necessário a contratação de seguros”, comentou a advogada Thabata Nadjek. A mesa de debate contou ainda com o advogado Bruno Garrido e a mediação do contador Ricardo Monello.

Diretor de Assuntos Jurídicos da Fenacon, Monello aproveitou para informar sobre as ações da Federação na área jurídica, como as leis de combate aos crimes de lavagem de dinheiro e de corrupção e políticas de prevenção; a Lei Nº 12.850/13, que define organização criminosa e dispõe sobre a investigação criminal; o papel do profissional contábil e o controle e fiscalização sobre as organizações.

A palestra motivacional “O homem no espelho: O futuro que queremos começa dentro de cada um” com a advogada Camila Britto fechou a programação.

Projeto

O projeto foi idealizado pelo SESCAP BAHIA (Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas no Estado da Bahia) a fim de possibilitar aos empresários discutirem as demandas presentes no dia de suas empresas em face das constantes mudanças nos cenários político e econômico do país.

O presidente da Fenacon, Mário Berti (à dir.) e o diretor da Fenacon Sérgio Approbato

O presidente da Fenacon, Mário Berti (à dir.) e o diretor da Fenacon Sérgio Approbato

O juiz do Trabalho Danilo Gaspar (à esq.) e os advogados André Pessoa e Gustavo Mazzei

O juiz do Trabalho Danilo Gaspar (à esq.) e os advogados André Pessoa e Gustavo Mazzei

O contador e diretor da Fenacon Ricardo Monello (ao centro), e os advogados Bruno Garrido e Thabata Nadjek

O contador e diretor da Fenacon Ricardo Monello (ao centro), e os advogados Bruno Garrido e Thabata Nadjek